terça-feira, 1 de abril de 2008



Girafa
Tenho pena da girafa de pescoço grandalhão:
- Como é que a pobre se abafa, tendo uma constipação?
Coitadinha da Girafa!
Quando eu me constipo, posso arranjar um cachecol.
Mas com aquele pescoço...
Safa! Pobre da Girafa!
- Vou oferecer-lhe um lençol.


in "Bichos de Trazer por casa" de Leonel Neves

2 comentários:

Guilherme Machado disse...

Acho muito massa esse poeminhas infantis. Tem um livro que é acompanhado por um cd de capa azul cheio de poemas assim musicados. Sabe o nome Jose?

BIBLIOTECA LIVRE disse...

Salve, Joseane! Já inclui a Biblioteca Champagnat entre os "grupos que libertam livros" lá na BILIV. Grato pela companhia de vocês e parabéns pelo belo trabalho que fazem aqui.
Jean Scharlau